MIURA CLUBE SÃO PAULO

Clube voltado à preservação do Miura sua história e importância no automobilismo brasileiro

MIURA SAGA

MOTOR (VW AP 1.8)

Saga foi um automóvel esportivo fora-de-série, produzido pela Miura entre 1984 e 1988.

Revelado no Salão do Automóvel de 1984, possuía diversos acessórios eletrônicos, como computador de bordo “falante”, controle automático de velocidade, faróis escamoteáveis, entre outros. O destaque mecânico eram os freios a disco nas quatro rodas. Utilizava mecânica do Volkswagen Santana, inicialmente era equipado com motor 1.8. A partir de 1988 passou a ser equipado com motor 2.0.[1]

Essa primeira geração durou até 1988. Em 1989 foi lançado o Saga II, com novo design, e vidro traseiro envolvente (o vidro traseiro e os vidros laterais formam uma única peça).

  •  Posição e cilindros: longitudinal dianteira, 4 em linha
  • Comando e válvulas por cilindro: no cabeçote, 2
  • Cilindrada: 1.781 cm3
  • Taxa de compressão: 12:1 (álcool) e 9,3:1 (gasolina)
  • Potência máxima: 92 cv a 5.000 rpm e 88 cv (gasolina)
  • Torque máximo: 14,6 m.kgf a 2.800 rpm
  • Alimentação: um carburador de corpo duplo

 CÂMBIO

  • Marchas e tração: 5, dianteira

FREIOS

  • Dianteiros e traseiros: a disco / a disco a disco ventilado

DIREÇÃO

  • Assistência: tração mecânica hidráulica

SUSPENSÃO

  • Dianteira: independente McPherson com estabilizador
  • Traseira: eixo rígido

RODAS

  • Pneus: 185/70 R aro 14

DIMENSÕES

  • Comprimento: 4,53 m
  • Entre-eixos: 2,58 m
  • Capacidade do tanque: 68 litros
  • Peso: 1250 kg

DESEMPENHO

  • Velocidade máxima: 175 km/h
  • Aceleração de 0 a 100 km/h 13 s
<span>%d</span> blogueiros gostam disto: